Tentando mudar o foco

Uau, quanto tempo sem aparecer por aqui. Mas, pelo menos dessa vez, eu não fiquei sem escrever, só deixei de postar. É que tantas coisas aconteceram nesses últimos meses que eu precisei de um tempo pra processar, tanto os acontecimentos quanto os sentimentos decorrentes.

Às vezes a gente só precisa de um tempo pra si, né.

Bom, com tudo o que aconteceu, acho que o maior aprendizado, aquilo que eu não posso esquecer, é a colocar as coisas em PERSPECTIVA. De vez em quando eu preciso voltar ao passado recente e recordar dos momentos vividos para que eu possa olhar meu momento presente de outra forma.

Não é segredo que sou imatura emocionalmente, que me deixo levar facilmente pelos sentimentos e que isso gera muito estresse desnecessário na minha vida. Eu estou bem consciente disso, mesmo nos momentos que minha criança birrenta interna surge, eu estou plenamente consciente de mim, mas nem por isso estou no controle. Ainda me deixo guiar pela sombra.

Então, como preciso viver e reviver certas coisas para aprender, como preciso de lembretes diários para recordar e fazer melhores escolhas, fiz uma lista do que acho mais importante.

  • Deixar de encarar os desafios como problemas
  • Não colocar peso no que poderia ser mais leve
  • Olhar meus medos de frente e questioná-los
  • Lembrar que sempre há algo pelo o que ser grato, mesmo quando nos sentimos na merda
  • Entender que cada um tem a sua jornada e que eu não posso viver a dor de ninguém, mas posso ajudar
  • Lembrar que o “peso” que me é dado eu posso carregar, mas não preciso aumentar o fardo com pensamentos e atitudes negativas
  • Não ter pressa, respeitar meu ritmo de aprendizado e viver um dia de cada vez
  • Na completa escuridão, acender algum ponto de luz, nem que essa luz esteja do lado de dentro
  • Olhar para o outro ajuda a mudar o foco
  • Uma fralda cheia de merda pode ser um grande presente.

Com certeza tem muitas outras coisas que deveriam entrar nessa lista e eu me esqueci, mas como estou tentando diminuir o ritmo da minha mente e me cobrar menos, por enquanto está tudo certo.